http://letras.mus.br/gianluca-grignani/16924/traducao.html

A Minha História Entre Os Dedos
Sabe, penso que
Não foi inútil
Estar com você
Tudo bem, você vai embora
Decisão discutível
Mas sim, eu sei, você sabe
Pelo menos fique aqui esta noite
Mas não, não tentarei de novo, fique tranquila
Pode ser que eu já me sinta muito sozinho
Porque conheço esse sorriso
De quem já se decidiu
Este sorriso uma vez já
Me abriu o paraiso

Dizem que
Para cada homem
Existe uma outra igual a você
E que para o meu lugar
Você encontrará algum outro
Igual a mim, não, não acredito
Mas desta vez você abaixa os olhos e diz:
“Continuaremos sendo sempre bons amigos”
Mas que “bons amigos”, uma ova
Um amigo eu perdoo
Quanto a você, eu amo
Pode até parecer banal para você
Mas é um instinto natural

Mas tem uma coisa que
Eu não nunca lhe disse
Os meus problemas sem você
Se chamam confusões
E é por isso
Que você me vê bancando o durão
Em meio ao mundo
Para me sentir mais seguro

E se você não quiser realmente me dizer
Que eu errei
Lembre-se que às vezes um homem
Pode também ser perdoado
E, em vez disso, você
Você não me deixa uma saída
E vai embora com a minha história entre os dedos

Agora o que está fazendo
Procurando uma desculpa?
Se quiser ir embora, vá
Quanto a mim
Você não deve se preocupar
Vou saber me virar
Esta noite escreverei uma canção
Pra sufocar uma explosão por dentro
Sem pensar demais nas palavras
Falarei daquele sorriso
De quem já se decidiu
Aquele sorriso que uma vez
Me abriu o paraíso

Mas tem uma coisa que
Eu não nunca lhe disse
Os meus problemas sem você
Se chamam confusões
E é por isso
Que você me vê bancando o durão
Em meio ao mundo
Para me sentir mais seguro

E se você não quiser realmente me dizer
Que eu errei
Lembre-se que às vezes um homem
Pode também ser perdoado
E, em vez disso, você
Você não me deixa uma saída
E vai embora com a minha história entre os dedos

belissimo