recordar e’ viver

  

Foi em setembro que te conheci Trazias nos olhos a luz de Maio, Nas mãos o calor de Agosto e um sorriso Um sorriso tão grande que não cabia no tempo Ouve, vamos ver o mar… Foste o 30 de fevereiro de um ano por inventar Falamos, falamos coisas tão loucas e acabamos, em silêncio, Por unir as nossas bocas e eu aprendi a amar Sim eu sei que tudo são recordações Sim eu sei é triste viver de ilusões Mas tu foste a mais linda história de amor Que um dia me aconteceu e recordar é viver Só tu e eu Foi em Novembro que partistes Levavas nos olhos as chuvas de Março E nas mãos o mês frio de Janeiro Lembro-me que me dissestes que o meu corpo tremia E eu que queria ser forte, respondi que tinha frio Falei-te do vento norte Não me digas adeus, quem sabe talvez um dia… Como eu tremia meu Deus! Amei como nunca amei Fui louco? Não sei, talvez! Mas por pouco, muito pouco, Eu voltaria a ser louco; amar-te-ia outra vez Sim eu sei que tudo são recordações Sim eu sei é triste viver de ilusões Mas tu foste a mais linda historia de amor Que um dia me aconteceu e recordar é viver Só tu e eu (3x)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s