OBJETIVOS DA VIDA……(reflita….e assuma uma posição)

  • Objetivos da vida

  • Por Pedro J. Bondaczuk
  • O fotógrafo norte-americano Edward Steichen, acostumado a flagrar as cenas mais chocantes e incompreensíveis do cotidiano, observou: "É possível compreender os estragos da bomba atômica. Mais difícil é entender o significado da vida".

    Aliás, tarefa dessa natureza virtualmente raia ao impossível, dada sua complexidade ou a insignificância humana. A compreensão do intrincado mecanismo vital a cada dia fica mais clara, dados os avanços da ciência. A morfologia e o funcionamento das células, tecidos, órgãos, aparelhos e organismos vivos, já perderam quase todos os seus mistérios.

    Cientistas já mapearam, ou estão prestes a mapear, a totalidade dos genes humanos. Bebês de proveta há muito deixaram de ser novidade. A engenharia genética já é capaz de mesclar características de diferentes espécies numa só (os transgênicos) ou de clonar qualquer um de nós, partindo de quaisquer das nossas células, não mais necessariamente as da reprodução natural.

    Todavia, qual é a "razão de viver"? Qual a verdadeira finalidade da existência? Existe alguma? Há uma única? São várias? Por que os seres – animais ou vegetais – nascem, se desenvolvem e se reproduzem, se estão, irremediavelmente, condenados a morrer? Não seria um desperdício? Há vida em outras partes do Universo? Caso a resposta seja afirmativa, ela é igual, semelhante ou diferente da existente na Terra? São perguntas, perguntas e mais perguntas, infinitas delas, sem respostas adequadas ou sequer satisfatórias…

    Tais questões há muito desafiam filósofos das mais variadas tendências e escolas, biólogos, astrônomos e especialistas nas mais diversas áreas da ciência, sem que ninguém haja sequer se aproximado de uma conclusão que, mesmo não definitiva, ao menos se aproximasse, se não da verdade, pelo menos da verossimilhança.

    Os que têm fé, fundamentam os objetivos da vida na esperança da eternidade, embora de forma muito vaga, em geral induzida por suas próprias crenças e fantasias. A maioria prefere mergulhar numa desesperada alienação, "vivendo" apenas, sem inquirir a si próprios, à sua lógica e razão, sobre significados ou finalidades.

    Há quem faça desse questionamento interminável matéria-prima de sua arte, não importa qual. Para uns, viver significa acumular bens, deter riquezas, possuir poder e satisfazer os sentidos. Para outros, talvez um pouco mais sensatos, trata-se do processo inverso: o de deixar algum legado, em obras – materiais, artísticas ou espirituais –, idéias ou exemplos.

    Muitos dogmas foram erigidos, e persistem e até se multiplicam, que têm o efeito de uma espécie de "narcótico", para afastar seus crentes da dura realidade, acatados cegamente, sem reflexões ou considerações, por milhões de pessoas, que se sentem "felizes" por não serem "obrigadas a pensar". Deixam que outros pensem por elas. O imperador romano Júlio César observou, sabiamente, que "os homens têm grande disposição para acreditar no que desejam". E como têm!

    Diariamente, aparecem charlatães, com receitas "milagrosas" sobre a arte de viver, ditando normas, de conformidade com suas fantasias e ilusões. E nunca lhes faltam discípulos e adeptos. Religiões e mais religiões surgem do nada, criadas por espertalhões, que exploram a ignorância, inocência ou boa fé dos mais simples ou néscios. Fala-se, amiúde, por exemplo, em modernidade, embora, como constatou um filósofo, em passado remoto: "não existe nada de novo debaixo do Sol". E esse surrado clichê continua sendo rigorosamente verdadeiro.

    Basicamente, o homem contemporâneo é o mesmíssimo ser primitivo que um dia habitou as cavernas, só que aprendeu a desenvolver ferramentas, cada vez mais sofisticadas, para desempenhar tarefas vitais (e outras, nem tanto), que antes executava apenas com as forças dos seus músculos. Substituiu, por exemplo, a magia dos rústicos desenhos dos feiticeiros, traçados nas paredes da sua inóspita moradia primitiva, pelo computador. Dominou processos naturais para o seu bem-estar. Descobriu como produzir fogo, inventou a roda, aprendeu a plantar, a fiar e a erigir edificações. Criou engenhocas mecânicas, cada vez mais complexas e em maior quantidade, o tear, o motor a explosão, o automóvel, o telefone, o avião, o rádio, a televisão, o foguete… Inventou a música, a pintura, a escultura, a arquitetura. Criou os esportes e se deixou fanatizar por alguns deles, matando ou morrendo por seu clube favorito. Todavia, na essência, continua o mesmo animal selvagem, perigoso, traiçoeiro e venal, embora vulnerável, com seus medos, mitos e indagações, sujeito a morrer a qualquer instante ou lugar.
    Teorias para explicar os objetivos e, sobretudo, o significado da vida abundam, a maioria de caráter esotérico, usando jargões próprios para os "iniciados" (ou tolos?), com expressões complicadíssimas, num arremedo de sabedoria, que no final das contas não passa de estupidez, que pouco ou nada significam. Não passam de fantasias delirantes, de engodos e de empulhações. Mas sempre contam com hordas de fanáticos seguidores.

    O verdadeiro, e sobretudo o belo, são simples. A beleza está na simplicidade. E embora o homem seja incapaz de entender o significado da vida (e talvez por isso mesmo), com que facilidade ele a suprime! Inventa máquinas sofisticadíssimas de assassinatos em massa, dizima espécies e mais espécies de animais e vegetais (que um dia lhe farão muita falta) e elabora, com extremo cinismo, pomposas, mas abstratas, justificações para o injustificável: as guerras! Apesar do "disfarce" de modernidade, portanto, não passamos do primitivo animal, dito racional, que apenas trocou as cavernas primitivas por mansões, apartamentos ou casebres em infectas favelas de superpopulosas e violentas cidades.

  •  
     

     

  • Anúncios

    2 comentários em “OBJETIVOS DA VIDA……(reflita….e assuma uma posição)

    1. OLÁ ANGEL!!!!
      PRIMEIRO AGRADECER SUA VISITA E SEU COMENTÁRIO NO MEU BLOG!!!
      ISSO ME DEIXA MUITO FELIZ!!!
      ACHO QUE A VIDA NÃO TEM MUITO O QUE EXPLICAR,NÃO É MESMO???
      O IMPORTANTE É A PESSOA SE SENTIR BEM E FAZER O BEM!!!
      E VIVER DA MELHOR FORMA POSSÍVEL!!!
      SÓ EXISTE UMA CERTEZA:NASCEMOS,VIVEMOS E MORREMOS!!!
      ENTÃO,DEVEMOS FAZER ESSAS 3 COISAS MUITO BEM!!!
      DESEJO QUE SUA ESTRELA BRILHE MUITO!!!SEMPRE!!!
      BEIJINHOS E FICA COM DEUS!!!
       

    2. Estou em absoluto acordo com o artigo acima, quando define o que é o homem desenvolvendo o tema de maneira realista| o homem com a nuance de todos os artefactos que tem á sua disposição, continua sendo o mesmo que viveu nas cavernas senão vejamos  o que o homem moderno está fazendo actualmente no Iraque no Afeganistão na faixa de Gaza, nao é o belo  nem sublime é apenas a luta pelo poder só que hoje nao se esgrimem paus e pedras mas armas de destruição maciça em nome dos bons e dos maus, a violência existe no virar da esquina nas nossas civilizadas cidades, se não houver o bom senso de terminar estas escaladas de destruiçao, estamos sujeitos a que um louco nos destrua civilizada-mente. vitorio

    Deixe um comentário

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s